sexta-feira, 23 de julho de 2021

DAC 5G PLNM CALENDÁRIO DAS FESTIVIDADES DOS PAÍSES DE ORIGEM DOS ALUNOS

 



DESCRIÇÕES DAS FESTIVIDADES;

VENEZUELA- FESTIVAL DE COROMOTO (2 de janeiro)
Este festival celebra a padroeira da Venezuela, no dia de 2 janeiro, a Virgem de Coromoto. Segundo a lenda, ela apareceu caminhando sobre a água, pedindo a todos para se batizarem.
Nesta data, celebram-se missas e exibe-se uma rede, para onde as pessoas se atiram, simbolizando as vidas salvas pelo baptismo.

IVANA KUPALA (Ucrânia) – começa do dia 6 de junho à noite e termina no dia 7
É uma festa celebrada no solstício de verão para celebrar a fertilidade. Os rapazes e raparigas fazem bonecos de Murena e de Kupalo e depois reúnem-se fora da aldeia, junto a um lago ou rio. Fazem fogueiras para onde atiram os bonecos e o ícone do São João Baptista. Queimam ervas especiais para atrair a sorte no amor e na colheita. As meninas cantam canções de amor.

Bakrid (=Eid al-Adha– Bangladesh (23 de julho)
Neste dia é feriado: as pessoas não trabalham e as escolas estão fechadas. Comemora-se o facto de Ibrahim (=Abrão) de obedecer a Alá (=Deus) no sacrifício do seu filho.
As pessoas comemoram esta data indo à mesquita orar e ouvir sermões, vestindo roupas novas e sacrificando um animal, que simboliza o sacrifício de Ibrahim.
DIWALI - 14 de novembro (Índia)
É uma festa hindu muito importante: simboliza a luta do bem contra o mal, da luz contra a escuridão e dura cinco dias. É uma festa que celebra o regresso do senhor Ram ao seu reino chamado Ayodhya, depois de ter salvado a sua esposa Sita de um demónio. Esta festa é conhecida como o Festival das Luzes, porque tem muitos fogos de artifício, muitas luzes, muita música e muita comida. As casas são enfeitadas e trocam-se presentes e doces.
Para os hindus, esta festa é tão importante como o Natal em vários países da Europa.

Teej ( Hindi : तीज) (Nepal) é o nome genérico para vários festivais hindus celebrados por mulheres em muitas partes da Índia (principalmente no norte e centro da Índia ) e no Nepal. Haryali Teej e Hartalika Teej dão as boas- vindas à estação das monções (=
Uma monção é tradicionalmente um vento reverso sazonal acompanhado por mudanças correspondentes na precipitação, mas agora é usada para descrever mudanças sazonais na circulação atmosférica e são celebradas principalmente por meninas e mulheres, com canções, danças e rituais de oração. Os festivais das monções de Teej são principalmente dedicados a Parvati e sua união com Shiva . As mulheres costumam jejuar em comemoração a Teej. (https://en.wikipedia.org/wiki/Teej, consultado em 24 de junho de 2021)
Navaratri (Índia) é um festival hindu que abrange nove noites (e dez dias) e é celebrado todos os anos no outono. É observada por diferentes razões e celebrada de forma diferente em várias partes da esfera cultural indiana . Teoricamente, existem quatro Navaratri sazonais . No entanto, na prática, é o festival de outono pós-monção denominado Sharada Navaratri que é o mais celebrado em homenagem ao divino feminino Devi ( Durga ). O festival é celebrado na metade brilhante do mês do calendário hindu Ashvin , que normalmente cai nos meses gregorianos de setembro e outubro. (https://en.wikipedia.org/wiki/Navaratri, consultado em 24 de junho de 2021)

RAMADÃO - Ramadã ou Ramadan é o nono mês do calendário islâmico. Em 2021, ano 1442 no calendário islâmico, começa em 13 de abril e termina em 12 de maio. Trata-se de um mês sagrado para os muçulmanos, reservado ao jejum para a purificação e renovação de sua fé. Durante esse período, o povo islâmico do mundo todo se abstém de comer, beber, fumar, ter relações conjugais e outras práticas consideradas pecaminosas, do nascer ao pôr do Sol. A realização do jejum durante o Ramadã é seguida pelos muçulmanos desde o segundo ano da Hégira, migração do profeta Maomé de Meca para Medina ocorrida em 622 d.C. , https://www.calendarr.com/brasil/ramada/ (consultado em 24 de junho de 2021)


Makar Sankranti 2021 (Nepal) 
Data: Celebrado com muito zelo e entusiasmo pelo povo da Índia e do Nepal, Makara Sankranti ou Maghi é um dos festivais hindus mais populares. Observado todos os anos no mês lunar de Magha, que corresponde ao mês de janeiro de acordo com o calendário gregoriano, quase sempre cai na mesma data todos os anos (14 ou 15 de janeiro), exceto em alguns anos em que a data muda por um dia.
Este ano, será comemorado no dia 14 de janeiro, com o Makara Sankranti Punya Kala das 8h30 às 17:46, e o Makara Sankranti Maha Punya Kala das 8h30 às 10h15, de acordo com drikpanchang.com .
Dedicado à divindade Surya (Sol) para transmitir gratidão à natureza por seus recursos, Sankranti denota o trânsito do sol no signo zodiacal de Makara ( Capricórnio ), que marca o fim do solstício de inverno e o início de dias mais longos. O significado de Surya pode ser rastreado até os textos védicos, especialmente o Gayatri Mantra - um hino sagrado do hinduísmo encontrado na escritura chamada Rigveda. https://indianexpress.com/article/lifestyle/life-style/when-is-makar-sankranti-2021-7142115/ (consultado em 24 de junho de 2021)

Celebração do Festival Chaite Dashain: (Nepal) 
O festival Chaite Dashain, que é celebrado todos os anos no Chaitra Shukla Ashtami, está sendo celebrado hoje pela adoração de Nava Durga Bhagwati. São quatro Navaratras num ano. Navratra em favor de Ashad e Poush Shukla não é muito popular. Dizem que Ashad e Poush adoram a deusa Shakti Swarupa até mesmo em Shukla Paksha Navratra. No Navratra do lado de Ashwin Shukla, Jamara é mantido desde o dia de Pratipada. É por isso que o Dashain do lado de Ashwin Shukla é chamado de Badadshain. Em Badadashain, no dia de Dashami Tithi, Tika e Jamara são administrados pelos devotos. Esta sequência dura até a lua cheia de Ashwin Shukla. Em Chaite Dashain, essa tradição não existe em muitas famílias. No Dashainghar de Hanuman Dhoka, é costume oferecer sacrifícios no dia de Ashtami junto com a adoração ritual. Ashtami e Navami são especialmente celebrados em Chaite Dashain. Ashtami é celebrado como Chaite Dashain e Navami é celebrado como Ram Navami, pois Rama nasceu como o filho mais velho do Rei Dasharatha e da Rainha Kaushalyavati de Ayodhya na era Treta. Adoração especial é realizada em Guheshwari, Jayabageshwari, Maiti Devi, Naxal Bhagwati, Bhadrakali, Shobha Bhagwati, Kalikasthan, Bajrayogini e outros lugares no Vale de Kathmandu. Existe uma crença religiosa de que se alguém for ao Shakti Peetha e adorar e prestar homenagem, obterá poder e seus desejos serão realizados. https://www.collegenp.com/event/chaite-dashain-festival/ (consultado em 24 de junho de 2021)

Raksha Bandhan (Nepal e Índia) ou Rakhi é um dos festivais mais populares da Índia. Embora a origem do festival varie, hoje ele significa um vínculo de proteção entre irmão e irmã. Irmãs amarram um fio ao redor do pulso direito de seus irmãos, orando por sua longa vida enquanto os irmãos fazem o voto de proteger suas irmãs. Nos últimos dias, Rakhi passou a significar um vínculo de amizade e boa vontade para com todos. https://www.prokerala.com/festivals/raksha-bandhan.html (consultado em 24 de junho de 2021) Cartões de Raksha Bandhan :



TIHAR FESTIVAL DAS LUZES 
(3 a 6 de novembro de 2021 
O festival de luzes de cinco dias, conhecido como Tihar homenageia Yama, o Deus da Morte, enquanto a adoração de Laxmi, a Deusa da Riqueza domina as festividades. No primeiro dia Kaag Tihar, é o dia do corvo, o informante de Yama é adorado. No segundo dia, Kukur Tihar é para adorar os cães como os agentes de Yama. No terceiro dia é Gai Tihar e Laxmi Puja. Nesse dia, as vacas são oferecidas orações e comida pela manhã, e a Deusa Laxmi é oferecida orações elaboradas e puja à noite. O quarto dia é para o animal de tração, bois, quando a comunidade Newari também realiza o Mha Puja dedicado a si mesmo. O quinto dia é o Dia dos Irmãos, quando as irmãs colocam tika na testa de seus irmãos e dão bênçãos. Este festival é conhecido por iluminar as casas com velas, lâmpadas de pavio de óleo e luzes elétricas. Casas em todo o país são iluminadas com luzes extras e decoradas com guirlandas. Pode-se ter uma bela vista da cidade iluminada de Kathmandu a partir da Stupa de Swoyambhunath. As celebrações começam com a adoração de corvos e cães. Pratos de folha de arroz, incenso e luz são preparados para o mensageiro escuro, enquanto os cães são adorados e oferecidos guloseimas. https://www.welcomenepal.com/whats-on/tihar.html (consultado em 21 de junho de 2021)
Holi ou Festival das Cores (NEPAL E DA ÍNDIA) é um festival realizado na Índia e em alguns outros lugares todos os anos entre fevereiro e março, que comemora a chegada da Primavera. Neste dia, as pessoas atiram tintas das mais diversas cores umas às outras, com muita bebida, comida e música. Essa brincadeira começa quando crianças atiram as tintas aos pais e irmãos sendo que, no final, todos estão completamente pintados e coloridos. Holi, também chamado de Festival das Cores, é um popular festival Primavera observado na Índia, Suriname, Guiana, Trindade, Reino Unido, Ilhas Fiji e no Nepal. Em Bengala Ocidental da Índia e do Bangladesh, é conhecido como Dolyatra (Doljatra) ou Boshonto Utsav ( "Festa da Primavera"). O principal dia, Holi, também conhecido como Dhulheti, Dhulandi ou Dhulendi, é celebrado por pessoas que atiram água e pó colorido uns aos outros. As pessoas cumprimentam-se dizendo “Holi Hai”. https://pt.wikipedia.org/wiki/Holi (consultado em 21 de junho de 2021)



Tabaski (Senegal) Eid al-Adha é conhecido como “Festival Tabaski” no Senegal, assim como na vizinha Gâmbia e em grande parte da África Ocidental. Embora o nome possa ser diferente, é o mesmo feriado islâmico que os muçulmanos em outras partes do mundo celebram. No Senegal, o estado fornece uma ovelha ou carneiro para famílias que não podem pagar por suas próprias. Assim, todos podem abater um animal neste dia. As ruas estão cheias de animais amarrados a postes e até carros, aguardando o abate. Você verá ovelhas e cabras lideradas por crianças pequenas e também os verá andando com humanos em ônibus. Há um concurso nacional na TV no Senegal a cada ano para determinar qual ovelha é a mais bonita, mas sua beleza, infelizmente, não as poupará! Depois de um serviço especial na mesquita, as pessoas voltam para casa para abater o animal do sacrifício. É primeiro banhado, geralmente na praia, e então seu sangue é drenado para um buraco no solo. Em seguida, a carcaça é massacrada para a festa. Todas as partes dos três ou quatro milhões de animais sacrificados no Senegal para Tabaski são usadas. Nada é desperdiçado, nem mesmo os intestinos. É usado o couro da pele, assim como os chifres dos animais. https://publicholidays.africa/senegal/eid-al-adha/ (consultado em 21 de junho de 2021)
Noite de Kupala , ( bielorrusso : Купалле , polonês : Noc Kupały , russo : Иван-Купала , ucraniano : Івана Купала ), também chamado de Ivanа-Kupala , é um feriado tradicional eslavo que era originalmente celebrado na noite mais curta do ano, que é em 21-22 ou 23-24 de junho ( República Checa , Polônia e Eslováquia ) e nos países eslavos orientais de acordo com o calendário juliano tradicional na noite entre 6 e 7 de julho (Bielo- Rússia , Rússia e Ucrânia ). Em termos de calendário, é o oposto do feriado de inverno Koliada . A celebração está relacionada ao solstício de verão, quando as noites são mais curtas, e inclui uma série de rituais eslavos . O nome do feriado era originalmente Kupala ; um rito de fertilidade pagão mais tarde adaptado ao calendário cristão ortodoxo , conectando-o com o dia de São João, que é celebrado em 24 de junho. O Cristianismo oriental usa o calendário juliano tradicional, que está desalinhado com o solstício real; 24 de junho no calendário juliano cai em 7 de julho no calendário gregoriano mais moderno . O nome ucraniano, bielorrusso e russo deste feriado combina " Ivan " (João, neste caso João Batista ) e Kupala, que se pensava ser derivado da palavra eslava para banho, que é cognata . No entanto, provavelmente decorre do kump proto-eslavo , uma reunião. As duas festas poderiam ser conectadas pela reinterpretação do povo batizando de João por meio da imersão total em água. No entanto, a tradição de Kupala antecede o Cristianismo. A celebração pagã foi adaptada e restabelecida como uma das tradições cristãs nativas entrelaçadas com o folclore local. https://en.wikipedia.org/wiki/Kupala_Night (consultado em 24 de junho de 2021)

PORTUGAL 

Dia de Nossa Senhora (13 de maio) 
A aparição de Nossa Senhora de Fátima aos três pastorinhos - Lúcia de Jesus (10 anos), Francisco (9 anos) e Jacinta (7 anos), aconteceu pela primeira vez a 13 de maio de 1917, num campo da Cova de Iria, na freguesia de Fátima, em Ourém. No mesmo ano, Nossa Senhora de Fátima volta a aparecer aos três pastorinhos, a 13 de maio, 13 de junho, 13 de julho, 13 de setembro e 13 de outubro. (fonte https://www.calendarr.com/portugal/aparicao-de-nossa-sra-de-fatima-aos-3-pastorinhos/ )

Dia da Espiga é uma celebração portuguesa que ocorre no dia da Quinta-feira da Ascensão com um passeio matinal, em que se colhe espigas de vários cereais, flores campestres e raminhos de oliveira para formar um ramo. Segundo a tradição o ramo deve ser colocado por detrás da porta de entrada, e só deve ser substituído por um novo no dia da espiga do ano seguinte. O ramo da espiga é composto pelas seguintes plantas que simbolizam: Espiga – pão ; malmequer – fortuna; papoila – amor; oliveira – paz; alecrim – saúde; videira – alegria (fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_da_espiga )










Padlet: "5ºD no Mundo dos Animais"


 Os alunos da turma do 5ºD trabalharam no projeto "5ºD no Mundo dos Animais" no âmbito das DAC. As disciplinas que intervieram foram: Português, Inglês, HGP e GPS.

A turma está de parabéns!

https://padlet.com/catarinaamaral1/m22eacnk5j8yx9ko



quarta-feira, 12 de maio de 2021

Atividade de Boas Vindas no dia do regresso à Escola – “Welcome back to School activity” – disciplina de Inglês – 3º ciclo


Para celebrar o dia do regresso à Escola, após o longo período de confinamento e coincidindo com a visita dos Senhores Presidente da República, Professor Marcelo Rebelo de Sousa e do Ministro da Educação, Dr. Tiago Brandão, os alunos da turma 8ºA realizaram uma atividade com o objetivo de refletirem sobre os seus sentimentos e anseios ao retomarem o ensino presencial. 

Inicialmente, os discentes assistiram a vídeos sobre práticas de mindfulness no quotidiano, a fim de desenvolverem as suas competências sociais e pessoais, nomeadamente a resiliência.

De seguida, foi solicitado que concentrassem a sua atenção e definissem o seu estado de espírito através da elaboração e pintura de postais, escrevendo um pequeno texto em inglês complementado com imagens simbólicas dos seus pensamentos, nesta ocasião tão especial das suas vidas.

Posteriormente, os ilustres visitantes deram continuidade à atividade em sala de aula, o que permitiu aos alunos expressarem as suas vivências e ideias, de forma espontânea.

Devido ao impacto positivo junto dos alunos, a atividade foi divulgada aos discentes de 8º e 9º anos que manifestaram empenho na sua concretização, conforme se pode verificar pela seleção apresentada dos trabalhos finais.


Ana Rita Dias, 8ºB



Ângelo Ferreira, 9ºB